Aula inaugural marca parceria entre IFRJ e SMDS

“Todo mundo deseja uma condição de vida melhor, e estar bem qualificado é importante para mim e tanta gente que tem o sonho de mudar de vida”, disse a auxiliar de serviços gerais, Marina Teixeira, de 50 anos. Moradora do bairro Mutondo, ela é um dos 40 alunos da nova turma de cuidador de idosos do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), que em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de São Gonçalo capacitará 28 pessoas inscritas nos CRAS (Centros de Referência e Assistência Social) e CREAS (Centros de Referência Especializados de Assistência Social) da cidade. A aula inaugural da inclusão produtiva aconteceu na manhã desta segunda-feira (4). O curso é gratuito e terá certificação profissional.
Com duração de quatro meses, a qualificação acontecerá no Campus São Gonçalo do IFRJ, com carga horária de 200 horas e os participantes terão direito ao certificado na modalidade de Formação Inicial e Continuada (FIC), em Cuidador de Idoso. A qualificação é uma grande preocupação de grande parte da população brasileira. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais de 40,2 milhões de pessoas têm interesse na qualificação profissional. A estudante de serviço social, Nilma Marinete Pina da Fonseca, de 49 anos, é uma delas. Assim como Marina, ela é do CRAS Vista Alegre e viu no curso uma oportunidade de enriquecer a sua formação.

“Estou muito feliz em poder ingressar nesse curso que tem reconhecimento profissional, vejo como uma forma de me qualificar e estar habilitada para esse nicho do mercado. É uma forma de enriquecer o meu currículo e aprender mais”, disse.

Após a parceria com a instituição Macadeski e a reabertura de cursos profissionalizantes em diferentes CRAS, atualmente a Secretaria de Desenvolvimento Social qualifica 1.120 pessoas para oportunidades de ingresso no mercado de trabalho. A diretora de pesquisa, extensão e assistência estudantil do IFRJ, Gleyce Figueiredo, conta que a parceria com a SMDS é uma forma de potencializar o acesso à educação pública e de qualidade, que é um direito de todos.

“O Instituto atua no município de São Gonçalo há nove anos, e realizávamos mais cursos de longa duração, e hoje abrimos essa possibilidade de qualificações mais curtas, que contemplam sobretudo aqueles que desejam reingressar ou que já estão no mercado de trabalho. Tivemos uma grande procura para este curso de cuidador de idosos e desde o início pensamos na parceria com a SMDS, pensando no grande alcance que teríamos nos CRAS e demais serviços, podendo ofertar uma qualificação de qualidade a todos”, disse.

Segundo a subsecretária de Proteção Social Básica, Thaisa Chaves, a iniciativa visa mais do que capacitar, é investir em sonhos e na autonomia da população gonçalense.

“Eu acho pontual essa aproximação do poder público através da SMDS com um instituto federal como o IFRJ. A possibilidade de viabilizarmos essa parceria para as pessoas e inserí-las no mercado de trabalho com um diploma de peso, com qualificação. Isso é libertador, fazer com que eles possam traçar seus próprios rumos por meio de seus trabalhos. Sem a visão arrojada do nosso secretário Marlos Costa isso não teria acontecido”, ressaltou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s