O GOVERNO DO BRASIL VAI PROTEGER ESPÉCIES AMEAÇADAS NO RIO DE JANEIRO

Uma iniciativa do Ministério do Meio Ambiente (MMA) vai alocar cerca de US$ 13 milhões para minimizar impactos sobre a biodiversidade do Brasil. A Estratégia Nacional para Conservação de Espécies Ameaçadas de Extinção (Projeto GEF-Pró-Espécies) vai atuar no Rio de Janeiro e mais 12 estados, totalizando 9 milhões de hectares. A expectativa é que até 2022 sejam tomadas medidas para proteção de todas as espécies ameaçadas do País.

Com recursos do Fundo Mundial para o Meio Ambiente (GEF, da sigla em inglês para Global Environment Facility Trust Fund), o projeto tem duração prevista de quatro anos. Objetivo é atuar na prevenção, conservação, manejo e gestão para minimizar as ameaças e o risco de extinção de espécies, integrando União, estados e municípios na implementação de políticas públicas. O Brasil é o país mais megadiverso do mundo, com mais de 163 mil espécies conhecidas, sendo 3.286 consideradas ameaçadas.

Dentre as ameaças à biodiversidade estão a degradação de ambientes naturais, extração ilegal, expansão urbana, ampliação da malha viária, incêndios florestais, formação de lagos para hidrelétricas e mineração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s