PROJETO PROTETORES DOS PARQUES TEM INSCRIÇÕES PRORROGADAS

Projeto de educação ambiental é voltado para a capacitação de jovens

 

A Secretaria do Ambiente e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) prorrogou até o dia 6 de junho as inscrições para o Projeto de educação ambiental Protetores dos Parques, voltado para a capacitação de jovens, entre 15 e 29 anos, moradores de comunidades situadas nas zonas de amortecimento dos Parques Estaduais da Lagoa do Açu, no Noroeste Fluminense; dos Três Picos, na Região Serrana do Rio; e do Desengano, no Norte Fluminense. O objetivo é estimular o desenvolvimento e o fortalecimento de uma consciência crítica sobre a necessidade de conservação dessas três unidades de conservação contempladas pelo projeto.

 
A capacitação abrangerá atividades de educação ambiental e arte-educação em moda e música, com oficinas do Ecomoda (confecção de roupas, bolsas e acessórios a partir da reutilização de restos de tecidos, jeans usados e etc.) e Funk Verde (percepção musical com instrumentos produzidos a partir do reaproveitamento de resíduos sólidos).

 
Os jovens interessados em participar poderão se inscrever nos oito núcleos do projeto situados nos municípios de São João da Barra, Teresópolis, Santa Maria Madalena e Trajano de Moraes, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. Os documentos necessários são original e cópia do documento de identidade e comprovante de residência escolar e de escolaridade.

 

 
Em São João da Barra, as inscrições podem ser feitas na Colônia de Pescadores Z-2, localizada na rua Nossa Senhora da Penha, nº 58; em Barcelos, na sede do Instituto Laço de Amor, rua Gregório Prudêncio de Azevedo; no Açu, na Associação de Moradores, na rua Manoel Francisco de Almeida; e no Centro, no bairro Água Santa, próximo ao Estádio Municipal, rua Dr. Luiz Cláudio Mello da Silva, nº 35.

 
Em Teresópolis, as inscrições podem ser feitas no Parque Ermitage,BR 116, km 80 – Parque Ermitage; Em Trajano de Moraes, na Casa das Irmãs, Rua Coronel Alfredo, s/n – Centro; e em Santa Maria Madalena, no Galpão dos Suícos, bairro Arranchadouro, ao lado da casa do artesanato.

 

 
Ao final do curso, os jovens deverão apresentar um plano de ação de intervenção local voltadas para o monitoramento e o controle do ambiente e para políticas públicas socioambientais. A expectativa é capacitar cerca de 160 jovens até fevereiro de 2019.

 
O início das atividades de educação ambiental e arte educação em moda e música está previsto para o dia 18 de junho e terá dez meses de duração. Os primeiros dez alunos de cada Núcleo que atenderem aos requisitos (nota, dedicação e assiduidade) receberão uma pequena ajuda de custo, sendo avaliados continuamente para permanência dos benefícios.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s