PLANO DE RACIONAMENTO GARANTIU URGÊNCIA E EMERGÊNCIA DURANTE A CRISE DOS COMBUSTÍVEIS

Ambulâncias e carros de transporte de pacientes abasteceram em operações especiais e reserva da frota da PMP

Procon aperta fiscalização e notifica 5 supermercados em preços abusivos

O prefeito Bernardo Rossi acompanhou, na manhã desta terça-feira (29.05), o funcionamento de alguns serviços públicos do município, logo após a reunião do ‘Gabinete de Crise’, com a participação de órgãos públicos, empresas e concessionárias de serviços. As ambulâncias e carros de transporte de pacientes para tratamento fora da cidade foram garantidos no período mais árduo da crise com remanejamento do diesel de ônibus escolares e com economia total de gasolina da frota administrativa. Além da visita à área de saúde, o prefeito esteve no Procon que mantém operação permanente para coibir preços abusivos de postos de combustíveis e supermercados.

É importante que as secretarias tenham se unido neste momento, o que fez que a prefeitura conseguisse que os serviços essenciais pudessem ser mantidos. Mais que isso, agora, que os moradores estão conseguindo retornar à rotina, o Procon pode garantir que os estabelecimentos sigam as normas e não haja oportunismo, com preços abusivos. A meta era tentar reduzir o máximo possível os impactos desta crise do abastecimento e o município alcançou este objetivo.

No SAMU, os atendimentos foram realizados normalmente, mesmo no momento de crise de abastecimento que afetou várias regiões do Brasil, reflexo da paralisação dos caminhoneiros.  Foram 372 ligações com 102 saídas das ambulâncias, em 10 dias. A média diária foi maior que demanda habitual do serviço, que atende entre 5 e 6 chamados por dia. A maioria, pacientes transportados para as unidades de Pronto Atendimento.

A Secretaria de Saúde juntou todos os esforços para manter os serviços e o apoio das demais secretarias foi fundamental. Os reflexos do desabastecimento não afetaram os atendimentos do SAMU, que atendeu toda a demanda. Houve, diariamente, um número de acionamentos até maior do que o de costume. A pasta conseguiu, também, manter todas as unidades de saúde da Atenção Básica, Urgência e Emergência funcionando com as equipes completas.

O Procon municipal esteve fiscalizando postos e supermercados para verificar denúncias de preços abusivos. Um estabelecimento foi notificado por prática abusiva. O quilo da batata, por exemplo, estava sendo vendido a R$ 9.

“O Procon atuou na segunda frente de trabalhos determinada pelo Gabinete de Crise: na primeira, a manutenção dos serviços e na nossa, de fiscalização, para garantir ao petropolitano preços justos e qualidade”, afirma Bernardo Sabrá, coordenador do Procon.

Ônibus e escolas municipais voltam à normalidade nesta quarta (30.05)

Os ônibus voltam a atuar com 100% da frota operante a partir de amanhã, quarta-feira (30.05), quando também retornarão as aulas da rede municipal de ensino. A decisão da regularização dos serviços foi tomada na manhã desta terça-feira (29) durante reunião do Gabinete de Crise do poder público, que engloba as concessionárias de serviço, empresas de coleta de lixo e transportadoras. O município, no entanto, continua racionando a utilização de veículos oficiais, diante do anúncio dos petroleiros de greve por tempo indeterminado. O objetivo é que o combustível que já chegou para ônibus e coleta de lixo seja estendido pelo maior número de dias possível.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s