TECNOLOGIA AUXILIA AÇÕES DO SEGURANÇA PRESENTE

Monitoramento no CICC agiliza a resolução de delitos

 

É no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) que profissionais da Operação Segurança Presente checam informações e imagens que auxiliam os agentes que trabalham no Centro, Méier, Aterro do Flamengo, Lagoa, além de Copacabana e Niterói, com o objetivo de prevenir e coibir delitos. O setor, equipado com a melhor tecnologia disponível, atua para atender às demandas das localidades beneficiadas pelas operações.
Nas telas dos computadores ou nas imagens de apoio exibidas no videowall – um telão de 14 metros de comprimento por cinco metros de altura, com 98 monitores LED – , operadores treinados ajudam a identificar as atividades suspeitas. A visão panorâmica de ruas e a possibilidade de aproximar as imagens das câmeras em vários pontos de grande circulação de pessoas têm garantido êxito a diversas operações.
– As imagens e informações nos dão mais ‘olhos’ aonde não podemos enxergar. Portanto, por mais que nosso policiamento esteja bem distribuído, o suporte do CICC se torna necessário facilitando a nossa visão do terreno. Já fomos informados sobre manifestações no Centro, por exemplo. Isso fez com que mudássemos a distribuição de nossos agentes. Já fizemos inúmeras abordagens a suspeitos a partir de dados repassados pelo setor – explicou o capitão Jeimison Barbosa, subcoordenador do Centro Presente, da base Praça Mauá.


Dinâmica de atuação

O monitoramento das câmeras somado às informações levantadas pelo telefone 190 e a checagem sobre a veracidade das ocorrências com os operadores dos batalhões da Polícia Militar, que também trabalham internamente no CICC, reúnem todos os dados necessários para complementar o trabalho diário dos agentes no asfalto.
– Reportamos as movimentações suspeitas às bases da Operação Segurança Presente. Em diversas ocorrências tivemos uma participação importante. Já informamos sobre carro roubado, suspeitos para abordagem repassando as características da pessoa, manifestações e suas dimensões. Nosso suporte também auxilia, muitas vezes, outros órgãos como o Corpo de Bombeiros, por exemplo – detalhou o agente civil da Segurança Presente, Luiz Guilherme de Oliveira.
A Operação Segurança Presente é uma parceria da Secretaria de Governo com o Sesc-RJ e a do Centro conta também com a Prefeitura do Rio. As ações de Niterói e Copacabana são custeadas respectivamente pelas prefeituras de Niterói e do Rio. Atuam em todas as operações policiais militares da ativa, policiais da reserva e agentes civis egressos das Forças Armadas, além de assistentes sociais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s