BIBLIOTECA ENCERRA PROGRAMAÇÃO EM HOMENAGEM A ROMANCISTA

Em comemoração aos 198 anos do escritor itaboraiense Joaquim Manuel de Macedo, a Biblioteca Municipal de Itaboraí promoveu nos dias 25, 26 e 28 de junho, uma atração especial, aberta ao público, e contou com diversas linguagens culturais, fazendo um elo da arte ceramista e da literatura brasileira com a vida e obra do escritor.

O objetivo foi repassar para o público de forma educativa a importância histórica do autor na cidade. Finalizando a programação, no dia 28, quinta-feira, pela manhã, foi realizada uma visita orientada ao Centro Histórico da Cidade e roda de conversa sobre a vida e obra do famoso literário, seguida de poesia, música e contos.

Cerca de 30 alunos do 2° ano do Ensino Médio do Colégio Cenecista Alberto Torres, em Itaboraí prestigiaram o encontro descontraído com o professor Carlos Alexandre Chavão e ainda com a participação do escritor e músico Nini Alcântara, um dos homenageados na Feira do Livro deste ano, e falou de poesia e cantou trechos de música popular brasileira. “Esse evento é para divulgar a vida e a obra de nosso ilustre patrono e fundador de nosso espaço”, comentou Carlos Alexandre.

29220278558_4aceea4e5a_zA visita ao Centro Histórico foi ministrada pela servidora Alexandra Barbosa dos Santos. Na ocasião foram ressaltados os temas arte, lenda e costumes, além de importantes patrimônios da cidade.  “Sou amante da história de Itaboraí e para falar daquilo que nos pertence é preciso mostrar ao público as grandes referências da nossa região. Não tem como falar de conhecimento, sem mencionar estes nomes, Heloísa Alberto Torres; João Caetano dos Santos e Alberto de Seixas Martins Torres, verdadeiros símbolos nacionais que contribuíram para a história da nação”, disse Alexandra.

Já na atividade da tarde, a professora Regina Ferreira, apresentou para os alunos do 2° ano da Educação Infantil da Escola Municipal João Augusto de Andrade, em Alto do Jacu, a obra e as múltiplas funções do célebre autor. “Não tem como falar da cultura da nossa cidade sem falar deste grande renomado, que é a nossa referência da literatura brasileira e fundador da Biblioteca Municipal e que também foi a primeira a ser estabelecida no Brasil”, explicou Regina.

41281114680_96a677df83_zSegundo o gestor da biblioteca Wanderson Silvas, cerca de 100 pessoas prestigiaram as atrações do espaço. “Nosso intuito é passar de forma educativa, um pouco para população sobre a importância cultural e tradição da nossa cidade”, ressaltou Wanderson.

Macedo foi o iniciador do Romantismo Brasileiro, com apenas 18 anos escreveu seu primeiro livro, “O Forasteiro”, com cenário e ação em Itaboraí. Foram mais de 20 livros, além de peças teatrais, obras didáticas e poesias. Aos 24 anos, formou-se médico e clinicou em Porto das Caixas. Em 1844, escreveu a “A Moreninha”, o 1º romance brasileiro propriamente dito, publicado há 173 anos e foi apresentada no cinema, três vezes no teatro, e duas vezes como novela na TV Globo, em 1965 e 1975. Em 1846, com 26 anos casou-se com D. Maria Catarina Sodré, na Igreja Matriz de São João Batista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s