PROCON ESTADUAL AUTUA MAIS 17 AGÊNCIAS BANCÁRIAS NESTA QUARTA-FEIRA

Fiscais estiveram nas zonas Norte e Oeste da cidade do Rio

 

O Procon Estadual vistoriou 17 agências bancárias nas zonas Norte e Oeste do Rio nesta quarta-feira (18/07) e autuou todas elas. Uma das irregularidades mais encontradas foi a ausência de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais. Esse problema foi constatado em 10 estabelecimentos vistoriados.

 

Um deles foi a agência do Bradesco da Rua Fonseca, 240, lojas 151-D e 151-E, Bangu. O local também não tinha cadeira de rodas, e cartazes informativos sobre o Livro de Reclamações, o endereço e o telefone do Procon Estadual, a escala de trabalho dos funcionários e a Lei Municipal 5.254/2011, que determina tempos máximos de espera para o atendimento. A agência também não tinha uma cópia do Código de Defesa do Consumidor.
Uma das irregularidades encontradas no Banco do Brasil da Avenida Monsenhor Félix, 554, Irajá, foi o fato de que o banheiro para uso dos clientes fica em uma área de acesso restrito. Essa e outras 14 agências não autenticavam o pagamento de boletos no próprio documento.
Com a ação desta quarta-feira, chega a 34 o número de agências bancárias autuadas pelo Procon Estadual desde o início da semana.
Balanço da Operação:

1 – Bradesco (Rua Fonseca, 240, lojas 151-D e 151-E, Bangu): Ausências de cartaz com a escala de trabalho dos funcionários, do Código de Defesa do Consumidor, do cartaz informando sobre a Lei Municipal 5.254/2011, de cadeira de rodas e dos cartazes do Livro de Reclamações e com o endereço e o telefone do Procon-RJ.
2 – Banco do Brasil (Avenida Monsenhor Félix, 554, Irajá): Ausências de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais e do certificado do Corpo de Bombeiros. Banheiro destinado aos clientes localizado em área restrita. Não autentica pagamento de boletos no próprio documento.
3 – Banco do Brasil (Rua Dagmar da Fonseca, 192, Madureira): Ausências de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais, do cartaz informando sobre o Livro de Reclamações, do certificado do Corpo de Bombeiros e do alvará de funcionamento. Não autentica pagamento de boletos no próprio documento.
4 – Bradesco (Avenida Brás de Pina, 2.776, Brás de Pina): Não autentica pagamento de boletos no próprio documento.
5 – Bradesco (Estrada do Portela, 175, Madureira): Ausências de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais e do cartaz informando sobre a Lei Municipal 5.254/2011. Não autentica pagamento de boletos no próprio documento.
6 – Bradesco (Rua Francisco Real, 1.852, Bangu): Ausências do certificado do Corpo de Bombeiros e do cartaz informando sobre o Livro de Reclamações. Não autentica pagamento de boletos no próprio documento.
7 – Bradesco (Rua Rio da Prata, 832, loja A, Bangu): Ausência do cartaz com endereço e telefone do Procon-RJ. Não autentica pagamento de boletos no próprio documento.
8 – Caixa Econômica Federal (Rua Carvalho de Souza, 283, Madureira): Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros. Não autentica pagamento de boletos no próprio documento.
9 – Caixa Econômica Federal (Avenida Monsenhor Félix, 1.094, Irajá): Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros.
10 – Caixa Econômica Federal (Avenida Brás de Pina, 1.991, Vista Alegre): Ausências do certificado do Corpo de Bombeiros, do alvará de funcionamento e da escala de trabalho dos funcionários. Não autentica pagamento de boletos no próprio documento.
11 – Itaú (Avenida Brás de Pina, 2.289, Brás de Pina): Ausência de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais. Não autentica pagamento de boletos no próprio documento.
12 – Itaú (Rua Carvalho de Souza, 281, Madureira): Ausências do certificado do Corpo de Bombeiros e de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais. Não autentica pagamento de boletos no próprio documento.
13 – Itaú (Rua Doze de Fevereiro, 409-A, Bangu): Ausências de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais, do certificado do Corpo de Bombeiros e de guarda volumes. Não autentica pagamento de boletos no próprio documento.
14 – Itaú (Estrada do Portela, 41-B, Madureira): Ausência de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais. Não autentica pagamento de boletos no próprio documento.
15 – Itaú (Avenida Monsenhor Félix, 644, Irajá): Ausências de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais, do certificado do Corpo de Bombeiros e de guarda volumes. Não autentica pagamento de boletos no próprio documento.
16 – Itaú (Estrada da Água Grande, 900, Vista Alegre): Ausências de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais e de guarda volumes. Não autentica pagamento de boletos no próprio documento.
17 – Santander (Avenida Ministro Ari Franco, 61, loja 71, Bangu): Ausências de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais e do cartaz informando sobre a escala de trabalho dos funcionários. Não autentica pagamento de boletos no próprio documento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s