INEA CRIA PROJETO ECOLÓGICO VOLTADO PARA O PÚBLICO MIRIM

Objetivo é despertar a percepção sobre a importância da preservação do meio ambiente

 

A Secretaria do Ambiente e o Instituto Estadual do Ambiente, lançaram, nesta semana, uma importante iniciativa de educação ambiental na Região Serrana do Rio: O Projeto Árvore é Vida que é voltado para o público mirim. Com o objetivo de despertar a percepção sobre a importância da preservação do meio ambiente, esse projeto abrange várias ações de educação ambiental para crianças e serão realizadas ao longo dos meses de agosto e setembro na Reserva Biológica Estadual de Araras (Rebio Araras), administrada pelo Inea, e também nas escolas da região.
Nesta quinta-feira (9/8), uma equipe do Inea fará uma visita à Escola Estadual Princesa Isabel pela manhã. Em seguida, os alunos desse colégio farão uma caminhada ecológica na Reserva Biológica Estadual de Araras, em Petrópolis.
Este não é o primeiro movimento do projeto, que busca a integração dos alunos de Escolas estaduais e municipais da cidade de Petrópolis: na manhã da última terça-feira (8/8), foi realizada uma visita nas Escolas Municipais Mariela Gonçalves e Odete Young Monteiro.
O projeto consiste em três atividades: Caminhada Ecológica na Reserva Biológica de Araras; Oficina Árvore é Vida, que viabiliza a experiência de um viveiro experimental com materiais alternativos e oficina para produção de mudas de vegetação nativa; e um encontro comemorativo alusivo ao Dia da Árvore, celebrado em 21 de setembro, que encerrará o projeto.
A finalidade do projeto, que foi desenvolvido pela Superintendência Regional do Piabanha do Inea, é a sensibilização dos alunos e dos moradores locais sobre a importância das florestas, através de conhecimento prático e vivências além da estimulação as visitas nas Unidades de Conservação Estaduais, percebendo as mesmas como um espaço de aprendizagem e convivência através de um ambiente fértil para o desenvolvimento de atividades socioambientais.
– O projeto é fundamental para a criação da consciência ambiental nas crianças e adolescentes envolvidas no projeto. Acredito ainda que estas ações são pedras fundamentais para a construção do arcabouço de uma nova geração que entende que o progresso precisa estar associado à preservação do meio ambiente – afirmou o superintendente Regional do Piabanha do Inea, Alexandre Becker.
A Reserva Biológica Estadual de Araras abrange principalmente o município de Petrópolis, na Região Serrana, com uma pequena porção em Miguel Pereira. Foi criada com os seguintes objetivos: assegurar a preservação dos remanescentes de Mata Atlântica presentes no chamado Corredor da Serra do Mar, no âmbito do Mosaico da Mata Atlântica Central Fluminense; e ampliar o potencial de conservação da Região Serrana fluminense, dentre outros.

 
Nas Reservas Biológicas são permitidas apenas visitas de cunho educacional e a realização de pesquisas científicas, mediante prévia autorização.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s