VACINAÇÃO CONTRA POLIO E SARAMPO É PRORROGADA ATÉ 15 DE SETEMBRO EM DUQUE DE CAXIAS

A Prefeitura de Duque de Caxias, através da Secretaria Municipal de Saúde, atendendo a determinação da Secretaria Estadual de Saúde, prorrogou o fim da campanha de vacinação contra a poliomielite e o sarampo no município. A vacinação segue até o dia 15 de setembro, quando acontecerá mais um Dia D de mobilização para vacinação do grupo prioritário. A vacinação acontece de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, em unidades de atenção primária, UPHs e no Centro Municipal de Saúde de Duque de Caxias. O objetivo é aumentar a cobertura vacinal contra essas doenças.
Quem pode tomar a vacina
Devem tomar as doses das vacinas todas as crianças de 1 ano até 4 anos, 11 meses e 29 dias de idade. É importante levar a caderneta de vacinação para avaliação da situação vacinal. Em caso de dúvidas, os pais ou responsáveis poderão pedir orientação ao profissional na unidade de saúde.
As contraindicações para as duas vacinas são: hipersensibilidade grave conhecida a algum componente do insumo, imunodeficiência e quem tenha história de evento adverso grave em dose anterior da vacina.
As ações de prevenção e controle, em especial a vacinação, contribuíram para manter o país livre de circulação da poliomielite.
De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil está livre da poliomielite desde 1990, motivo fundamental para que a população procure a vacina.
Também chamada de pólio ou paralisia infantil, a poliomielite é uma doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus. Pode afetar os nervos e levar à paralisia parcial ou total, atingindo tanto crianças quanto adultos. Entre os sintomas estão febre, dor de garganta e de cabeça, vômito, mal-estar, dor nas costas ou rigidez muscular, principalmente nos membros inferiores.
A proteção contra o sarampo faz parte das vacinas tríplice viral e tetra viral, disponíveis conforme calendário de vacinação do Ministério da Saúde.
O sarampo é uma infecção viral grave para crianças pequenas, mas de fácil prevenção por meio de vacina. Os sintomas começam com febre acompanhada de tosse persistente, manchas vermelhas na pele, irritação ocular e corrimento no nariz. Pode causar infecção nos ouvidos, pneumonia e convulsões. No limite, a doença provoca lesão cerebral e morte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s