CERCA DE QUATRO TONELADAS DE RESÍDUOS RECOLHIDOS EM PRAIAS, RIOS E LAGOAS DE NITERÓI

Com o tempo nublado e temperatura amena, cerca de quatro mil voluntários recolheram resíduos em praias rios e lagoas da cidade, na manhã deste sábado (15), durante o Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias. Este ano, o evento, conhecido internacionalmente como Clean Up Day, aconteceu em dez pontos do município (dois a mais que em 2017) e recolheu cerca de quatro toneladas de resíduos. O prefeito Rodrigo Neves foi conferir de perto o trabalho na 18ª edição da atividade em Niterói.

Em todos os pontos, aconteceram atividades não apenas de limpeza, mas também de conscientização ambiental. Em cincos praias, o Sesc e Senac ofereceram tenda de massagem feita por alunos para os voluntários, oficinas de velas com reaproveitamento de óleo, badminton, tiro com arco, slackline, circuito funcional e jogo ecológico sobre preservação das tartarugas. Muitas escolas, crianças e famílias inteiras participaram em vários pontos da cidade,

O tema desde ano do Clean Up Day foi “Um Oceano sem Plásticos”. As equipes de voluntários orientadas pela Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis, recolheram e separaram muitos plásticos, incluindo canudos, cigarros, embalagens entre outras coisas.

“Esse é um dia muito importante.  Dia de mobilização de voluntários, sociedade civil e o poder público. Os governos precisam atuar na gestão adequada de resíduos sólidos como nós temos feito em Niterói. Implantamos em nossa gestão o aterro controlado de Niterói e fizemos uma ação integrada com os municípios vizinhos através de um consórcio para dar um destino adequado ao lixo. Estamos ampliando os programas de reciclagem e mobilização da Companhia de Limpeza de Niterói (CLIN) junto a residências e comércios entre outras ações. Mas, o dia do Clean Up é importante porque conta com a participação da sociedade civil. Essa conscientização e fundamental”, frisou o prefeito Rodrigo Neves.

A Prefeitura de Niterói trabalha na limpeza da cidade durante todo o ano. Nas regiões próximas às lagoas de Piratininga e de Itaipu, por exemplo, são recolhidos, em sua maioria, materiais como entulho de obras e até móveis, descartados de forma irregular pela população. A limpeza nesses entornos é feita manualmente e com frequência pela Clin. Nas areias do litoral niteroiense, o lixo recolhido, em sua maioria, é latinha e papel.

“Muita gente colaborou. Esse tipo de evento é importante para dar visibilidade ao problema do lixo que é hoje uma das maiores preocupações globais. É importante que haja uma postura de cidadania. As pessoas devem evitar produtos com excesso de embalagem, além de fazer o reaproveitamento e reciclagem. No dia de hoje foi feita uma grande coleta e separação. Todos viram o quanto precisam de consciência ambienta”, disse o secretário Executivo Axel Grael.

De janeiro a agosto de 2018, a Clin recolheu cerca de duas mil e trezentas toneladas de resíduos no entorno de praias, lagoas e rios de Niterói. Só na praia de Icaraí foram 320 toneladas. No Clean Up Day 2017, foram recolhidas 3 toneladas de resíduos por cerca de 1.500 voluntários.

“Colocamos barracas, oferecemos palestras nas praias. É importante deixar claro que não existe lixo na natureza. Nós, seres humanos, é que produzimos lixo. É importante cada um ajudar de um jeito, com conscientização”, disse Luiz Froes, presidente da Clin.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s