CEAM DE ITABORAÍ REALIZA PALESTRA SOBRE A VALORIZAÇÃO A VIDA

O Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam) de Itaboraí, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, recebeu na tarde da última quinta-feira (20/09), o chá de mulheres abordando a temática “Valorizando a Vida”. O evento pontuou questões alusivas ao setembro amarelo, que é uma campanha brasileira de prevenção ao suicídio.

Na programação a psicóloga Shirley Coutinho esteve ministrando a palestra sobre a Valorização da Vida, destacando ainda os pilares da autoestima, doenças agregadas e a não apreciação da qualidade de vida. Ao final do encontro foram sorteadas limpezas dentárias aos presentes.

A coordenadora do Ceam, Naila Márcia de Freitas ao lado do secretário municipal de Desenvolvimento Social, Leonidas Souza relatou a importância deste equipamento para a população itaboraiense. “Este serviço é essencial na rede, pois, buscamos a identificação e encaminhamento adequado para as mulheres em situação de violência. Desta forma, sem este serviço Itaboraí fica mais pobre em relação ao enfrentamento desde movimento”, afirmou à coordenadora, ao lado da presidente da Comissão OAB Mulher, Diana Campolina, que frisou que a OAB está sempre de portas abertas para receber a todos.

O Ceam promove o acolhimento e acompanhamento interdisciplinar (social, psicológico, pedagógico e de orientação jurídica) às mulheres em situação de violência de gênero, para promover e assegurar o fortalecimento da sua autoestima e autonomia. E ainda o resgate da cidadania e da superação das situações de violações de direitos. De acordo com Organização Mundial da Saúde, um terço dos homicídios de mulheres no mundo, sendo 35% são cometidos por seus companheiros, enquanto 5% dos assassinatos de homens são cometidos por suas parceiras. A projeção da Organização das Nações Unidas é que, um terço das mulheres no Brasil 29% relataram ter sofrido algum tipo de violência. Delas, apenas 11% procuraram uma delegacia da mulher e em 43% dos casos a agressão mais grave foi no domicílio.

O que é feminicídio?

Feminicídio é uma palavra que define o homicídio de mulheres como crime hediondo quando envolve menosprezo ou discriminação à condição de mulher e violência doméstica e familiar. A lei, nº 13.104, de 2015 torna o feminicídio um crime qualificado, segundo a lei penal.  Além disso, a lei identifica alguns agravantes do feminicídio que podem aumentar a pena com um adicional de 1/3 sobre a pena original.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s