SAÚDE DE ITABORAÍ REALIZA DIA D DE COMBATE A SÍFILIS

Para marcar o Dia Nacional de Combate à Sífilis, celebrado em 20 de outubro, a Secretaria Municipal de Saúde realizou nesta segunda-feira (22), o Dia D de Combate. A ação é uma iniciativa do Serviço de Atenção Especializada em ISTs, Aids e Hepatites virais de Itaboraí e teve como finalidade alertar a população para a seriedade da doença, formas de prevenção e tratamento.

Durante todo o dia as equipes realizaram uma roda de conversa entre os pacientes e incentivaram o uso correto do preservativo, com intenção de aumentar a adesão ao uso e mostrar que ele é, ainda, a melhor opção para prevenir as ISTs como Aids, Hepatites Virais e Sífilis.

Foram realizados gratuitamente o teste rápido com diagnóstico em até 30 minutos em quatro pontos da cidade: Unidades de Saúde da Família de Visconde, Ampliação I e Pachecos. Além da sede do Serviço de Atenção Especializada em ISTs, Aids e Hepatites virais de Itaboraí, localizado em Nancilândia.

“O teste rápido de combate a doença realizamos todos os dias aqui na unidade. Hoje estamos fazendo esta ação para marcar mesmo a data e chamar atenção para sua prevenção”, comentou a coordenadora do Serviço de Atenção Especializada em ISTs, AIDS e Hepatites Virais de Itaboraí, Viviane Braga. Ela lembra que, muitas vezes, as pessoas não acreditam que podem pegar este tipo de doença, por isso o uso do preservativo é fundamental. Segundo Viviane, na Sede são realizados, em média, 150 testes por mês para diagnóstico da Sífilis.

“Eu estava na Policlínica e fui convidada pelas equipes a fazer o exame, por isso estou aqui agora. Nem sabia que Itaboraí tinha este teste rápido disponível para a população, um serviço de qualidade, que não dói, é muito rápido e confiável. Convido a todas as pessoas para que, assim com eu, venham fazer o teste”, disse a paciente Fátima Aparecida Pereira, de 41 anos, moradora de Manilha.

Em apenas cinco anos, o número de casos de sífilis no Brasil aumentou 5.000%, segundo dados do Ministério da Saúde (de 1.249 em 2010, para 65.878 em 2015). Segundo especialistas, este número de casos está elevado porque as pessoas perderam o medo de contrair doenças sexualmente transmissíveis por conta do avanço dos tratamentos.

A Secretaria de Saúde ressalta que a sífilis tem cura e o tratamento pode ser feito na rede pública. O teste rápido também é gratuito e está disponível todos os dias, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, nas unidades de saúde listadas abaixo:

Serviço de Atenção Especializada

End: Av Luiz Fernando Nanci – s/nº,  lt.: 17, quadra 13

Nancilândia

Unidade de Saúde da Família de Visconde

End: Rua Presidente Medice, s/nº

Visconde

Unidade de Saúde da Família de Ampliação I

End: Rua Papa João XXIII, s/nº

Ampliação

Unidade de Saúde da Família de Pachecos

End: Rodovia RJ 114, s/nº, KM 13

Pachecos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s