ALUNA DESENVOLVE TRABALHO VOLUNTÁRIO E GANHA VIAGEM PARA OS ESTADOS UNIDOS

Kézia Yasmin ganhou medalha de prata no Prêmio Prudential Espírito Comunitário

 

 A dor de perder uma amiga por causa da diabetes despertou na aluna Kézia Yasmin Bandeira dos Santos, do Colégio Estadual Professor Murilo Braga, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, a motivação em criar o projeto “Viva Bem”. Por meio da iniciativa, a estudante promove palestras para discutir temas relacionados à saúde, mostrando como maus hábitos podem ser a porta de entrada para doenças.

 

Além de conscientizar outros jovens, a proposta conquistou outro grande resultado: o 2º lugar no Prêmio Prudential Espírito Comunitário, que tem como objetivo reconhecer jovens que realizam ações de voluntariado, e uma viagem aos Estados Unidos. A cerimônia de premiação aconteceu na noite desta quinta-feira, dia 6, no Teatro Riachuelo, no Centro do Rio de Janeiro.

 

Antes de subir ao palco e receber sua medalha, Kézia Yasmin Bandeira dos Santos explicou o que representa seu projeto e a satisfação em participar da premiação.

 

– Para não ficar com a dor presa só para mim após a morte da minha colega, decidi compartilhar sua história, com a permissão dos familiares dela, e alertar outros jovens sobre como se alimentar bem – disse.

 

A estudante também comentou o que representou participar da premiação e ter o reconhecimento do trabalho voluntário que realiza.

 

– Meu projeto está sendo importante porque estou me reconhecendo. O melhor de tudo são as pessoas olharem para você e saber quem é, o quanto lutou para chegar aqui e fazer vale pena e, também, que busca fazer com que as pessoas vivam bem de verdade – declarou.

 

De acordo com o secretário de Estado de Educação, Wagner Victer, dos 30 indicados para a final nesta edição do Prêmio, 15 são da rede pública estadual de ensino. Segundo ele, a grande participação dos estudantes é uma prova do envolvimento da juventude em ações voluntárias.

 

– É inspirador saber que a juventude cada vez mais se importa com o outro e é solidária. Também percebemos como é importante o envolvimento e incentivo das escolas e professores nessas ações – finalizou Victer.

 
Sobre o Prêmio Prudential

Três vencedores receberam medalhas de ouro, prata e bronze, além de valores de R$ 10 mil, R$ 5 mil e R$ 3,5 mil, respectivamente, que serão doados a uma instituição indicada por eles e nas quais realizaram a ação voluntária.
Os dois primeiros colocados participarão da cerimônia internacional Prudential Spirit of Community Awards, que acontecerá em Washington, nos Estados Unidos, no primeiro semestre de 2019. No intercâmbio os alunos também poderão compartilhar experiências com estudantes de culturas diferentes, assistir a palestras e participar de workshops.

 

A quarta edição do Prêmio Prudential teve recorde de projetos inscritos. O número total foi de 1.076, um aumento de 148% em comparação com o número de inscritos em 2017. Em 2018, o índice de estudantes de escolas públicas foi de 96% e 4% de colégios particulares. Já a adesão feminina é maior, com 67% de participação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s