FREIXO CONCEDE COLETIVA DE IMPRENSA PARA FALAR SOBRE AMEAÇAS DE MORTE

Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, deputado Marcelo Freixo (PSol), concedeu, na tarde desta sexta-feira (14/12), uma entrevista coletiva para falar sobre a ameaça de morte contra ele descoberta pela Polícia Civil. Segundo Freixo, a ameaça a um deputado eleito representa um atentado contra a democracia.O parlamentar presidiu a Comissão Parlamentar de Inquérito que investigou as milícias do estado. Há dez anos, o relatório final da CPI, aprovado por unanimidade no Plenário da Alerj, apresentou 58 propostas concretas, pediu o indiciamento de 225 pessoas, entre políticos, policiais, agentes penitenciários, bombeiros e civis. Porém, segundo o parlamentar, até hoje nenhuma das propostas saiu do papel.“Defensor de Direitos Humanos não é defensor de bandidos. Ao contrário, bandidos querem matar os defensores de Direitos Humanos, como ficou comprovado”, disse Freixo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s