PRESIDENTE DA ALERJ PARTICIPA DAS POSSES DE PROCURADOR-GERAL E DE DEFENSOR PÚBLICO-GERAL DO ESTADO

O presidente em exercício da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), André Ceciliano, participou ao lado do governador Wilson Witzel esta semana das posses do novo procurador-geral do Estado, Marcelo Lopes da Silva, e do defensor público-geral do Estado, Rodrigo Baptista Pacheco. De acordo com Ceciliano, o Rio de Janeiro precisa justamente desta integração entre os poderes e as instituições. “Essa união é necessária para que possamos superar de vez as dificuldades, recuperar a capacidade de investimento e voltar a crescer. Temos que aproveitar esse momento em que todos nós estamos unidos em torno dos mesmos objetivos para lutarmos pelo melhor para o estado”, afirmou o parlamentar.

O novo procurador-geral também destacou em seu discurso de posse a importância desta harmonia entre as instituições. Afirmou ainda que vai priorizar o combate à corrupção e à improbidade administrativa, além de tornar a arrecadação tributária mais eficiente. “São nossos principais desafios. Só assim resgataremos o estado do fundo do poço”, disse Marcelo Lopes, que é procurador do Estado desde 1998 e já foi promotor de Justiça. Ele substitui Rodrigo Zambão, que estava à frente da PGE desde abril de 2018.

Na segunda-feira, o defensor público-geral, Rodrigo Pacheco, expressou o mesmo desejo de Ceciliano e Lopes. Segundo ele, as metas de sua gestão serão diálogo, transparência e eficiência. “Precisamos conversar com as entidades públicas e poderes para proporcionar o melhor atendimento à população fluminense. O diálogo com a sociedade civil e os movimentos sociais é algo fundamental para uma instituição que busca promover o acesso à Justiça”, afirmou. Após 16 anos como defensor, Pacheco assume o cargo antes ocupado por André Castro, que liderava a Defensoria desde 2015.

O governador elogiou os dois novos titulares. “O Estado do Rio tem muito a ganhar com o trabalho do procurador”, afirmou Witzel que defendeu a adoção de metodologias estratégicas para diminuir a inadimplência. Na posse do defensor, o governador parabenizou a Defensoria por sua atuação junto àqueles que não podem pagar por um advogado e ressaltou a importância da interlocução com a instituição. “Temos muitos projetos para realizar em conjunto, como a questão do excesso de presos provisórios”, disse.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s