MUNICÍPIO DE ITABORAÍ REALIZA CAPACITAÇÃO EM ARBOVIROSES COM FOCO EM CHIKUNGUNYA

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da subsecretaria de Vigilância em Saúde realizou na última quinta-feira (24/01), no auditório da Secretaria, a capacitação em arboviroses, com ênfase em Chikungunya, destinados aos médicos e enfermeiros da rede de Atenção Básica e Policlínicas. O evento organizado pela Vigilância Epidemiológica tem como objetivo ampliar o olhar para a suspeita, diagnóstico e tratamento oportuno, visando à redução de casos graves e óbitos.
A coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Carolina Lima relatou que em 2016 ocorreu uma epidemia de Zika e em 2018 de Chikungunya. Por isso, os profissionais da rede que atendem a população devem estar preparados. “Todos os anos, com o apoio do Núcleo de Educação Permanente – NEPS, nós realizamos a capacitação em Arboviroses, para os profissionais de saúde do município. Ainda mais quando se trata de uma doença nova como a Chikungunya, que demonstrou mudanças nas suas características no momento em que chegou à população brasileira, quando comparada à ocorrência dela em outros países”, afirmou Carolina.
Considerando que, no verão o número de casos suspeitos de aroboviroses aumenta devido ao calor, maior frequência de chuvas e consequentemente, o aumento da população dos mosquitos transmissores, e com isso vem à necessidade de treinamento dos profissionais. O médico infectologista da Secretaria Estadual de Saúde, Dr. Gustavo Magalhães esteve ministrando a palestra sobre arboviroses, abordando temas como a transmissão da doença, diagnóstico, sintomas, formas de tratamento, fluxo, entre outros. Além disso, esteve presente o Núcleo descentralizado de Vigilância em Saúde, da Metropolitana II da Secretaria Estadual de Saúde.
A enfermeira da Unidade Básica de Saúde em Itambi, Ana Paula Paz, esteve presente a palestra e ressaltou a importância dessas capacitações para a rede. “É nestes momentos que podemos ser orientados e preparados para atender a população da melhor forma, em caso de suspeita desta doença”, relatou Ana Paula.
A Chikungunya é uma doença transmitida pelo Aedes Aegypti, o mesmo mosquito transmissor da Dengue e Zika Vírus. Dentre os sintomas da doença estão à febre, dor articular intensa, dor de cabeça, dores nos músculos e manchas vermelhas na pele. Quem apresentar os sintomas da doença deve procurar atendimento na Unidade de Saúde mais próxima de sua residência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s