JORNALISTA RICARDO BOECHAT MORRE EM QUEDA DE HELICÓPTERO EM SÃO PAULO

Piloto da aeronave também não sobreviveu a queda

O jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, morreu na queda de um helicóptero no início da tarde de segunda-feira (11) em um dos acessos da Rodovia Anhanguera, que liga a capital paulista, ao interior. Segundo o Corpo de Bombeiros, o piloto da aeronave também morreu carbonizado.
Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e tinha uma coluna semanal na revista ISTOÉ.
O motorista de um caminhão atingido no acidente foi resgatado pelo serviço da concessionária que administra a via. O fogo no local já foi extinto. A Prefeitura de Niterói decreta, nesta segunda-feira (11-02), luto oficial de três dias pela morte de Ricardo Boechat. Nascido em Buenos Aires, capital da Argentina, o jornalista morou em Niterói durante grande parte de sua infância e adolescência.
Em toda sua carreira profissional, Boechat demonstrou carinho especial por Niterói, onde ainda vivem sua mãe e familiares. Em suas notas e comentários, o jornalista atuou em defesa dos niteroienses e exaltou as características da cidade.
O jornalista era um grande amante da natureza e costumava passar bons momentos de lazer em uma propriedade na floresta do Pico, Santo Aleixo – Magé (RJ).
Os moradores do distrito lamentam a morte do grande profissional que era Ricardo Boechat.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s