SÃO GONÇALO OFERECE TRATAMENTO A LASER PARA FERIDAS DE IDOSOS

A pele é o maior órgão do corpo humano e também é o que mais sofre transformações conforme o avançar da idade. O envelhecimento é um processo biológico que provoca alterações como a redução da elasticidade e a diminuição dos vasos sanguíneos, o que faz com que a pele idosa necessite de cuidados específicos. Para atender a população que sofre com diferentes tipos de lesões na pele, a Secretaria Municipal de Saúde conta com uma equipe especializada em laserterapia, que realiza atendimentos no Espaço Avançado de Saúde do Idoso, no Jardim Catarina.
Enfermeira especializada em gerontologia pela Universidade Federal Fluminense, Elisa Bamberg comanda a equipe de enfermagem que desde março está atendendo os usuários do centro. Segundo a profissional, o diferencial é o material utilizado nos tratamentos, que vem apresentando resultados surpreendentes.
“Tratamos todos os tipos de lesão com a laserterapia, que é uma luz que foi desenvolvida para ajudar na cicatrização, amenizar dores e diminuir edemas. Por ser uma equipe especializada em gerontologia, temos uma visão mais diferenciada da necessidade de cada idoso. Já demos alta para uma paciente que tem hanseníase e teve uma ferida na perna ao ser mordida por um cachorro”, explicou Elisa.
Morador de Alcântara, Heraldo Costa, de 56 anos, tem uma deformidade nos pés, o que facilita o surgimento de lesões. Desde que contraiu uma bactéria, por causa de um machucado, ele buscou atendimento em várias unidades hospitalares, mas só viu resultado com o tratamento do Espaço Avançado.
“Procurei vários lugares para tentar tratar a ferida, chegaram até a falar que os médicos não tinham mais nada a fazer. Até que me indicaram o espaço e foi o único lugar que consegui obter resultado. Faz um mês que estou fazendo o tratamento a laser e a minha lesão diminuiu bastante”, afirmou Heraldo.
Eunice Campos, de 71 anos, tem feridas nas duas pernas, provocadas por complicações de úlcera venosa. A moradora do Jardim Alcântara está na terceira sessão de tratamento e já viu resultados.
“Estou gostando muito do atendimento que estou recebendo. As feridas estão com um aspecto muito melhor e em casa faço o curativo e a higienização conforme a orientação das enfermeiras”, disse Eunice.
Além de tratar lesões, a intenção do serviço é captar o idoso e suas vulnerabilidades.
“Nosso objetivo é pensar na saúde dessas pessoas de uma maneira integral, acompanhando-as tanto nas questões cognitivas, intelectuais e sociais, até o momento da alta”, concluiu a subsecretária de Atenção Básica, Maria Auxiliadora Rodrigues.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s