PETRÓPOLIS QUER BR-040 E RUAS CENTRAIS LIVRES PARA A BAUERNFEST

A Prefeitura quer que a BR-040, principal rodovia de acesso dos turistas a Petrópolis, fique livre de congestionamentos no período da 30ª Bauernfest, entre os dias 14 e 30 de junho. O município apresentou uma solicitação formal para que a Concer não promova qualquer obra de intervenção viária na estrada de forma a prejudicar a chegada para a Festa do Colono Alemão. A expectativa é de que o público supere o ano passado, quando atingiu a marca de 350 mil pessoas.
O mesmo pedido se estende para que todas as concessionárias e empresas de telefonia que atuam em Petrópolis deixe de fazer qualquer intervenção sem caráter de emergência nas ruas próximas à região da festa ou do Bingen e do Quitandinha (que dão acesso de visitantes aos palcos da Bauern) já a partir desta terça (04.06) até 10 de julho, período de montagem e desmontagem de toda a estrutura do evento.
No ano passado, a Bauernfest teve 350 mil visitantes e em 2019 a festa terá mais dias, então o público deve ser maior. A BR-040 é o principal acesso para Petrópolis e, por isso, é extremamente importante que a estrada esteja livre para os veículos, tanto para chegada na cidade quanto para saída do público. Assim como também é importante que as pessoas consigam circular com tranquilidade dentro da cidade.
O município não quer se repitam cenários como o que ocorreu no fim de fevereiro, quando a concessionária que administra a BR-040 entre Rio e Juiz de Fora realizou obras de recuperação de pavimento às vésperas do Carnaval, causando uma retenção de nove quilômetros na pista de subida da Serra. O mesmo aconteceu próximo à Semana Santa, em abril, quando a empresa fez novas intervenções deixando o trânsito em meia-pista. Naquela ocasião a Prefeitura acionou o Procon para garantir a conclusão do trabalho e, assim, dar fluidez ao tráfego.
No caso das empresas que atuam em Petrópolis, a solicitação foi feita para a Oi/Telemar, Sumicity, Net/Claro e Tech Cable, todas do ramo de telefonia e TV à cabo, bem como para Águas do Imperador (concessionária de saneamento), Enel e Naturgy (de gás natural).
Elas não devem promover obras – a não ser em casos emergenciais ou por determinação judicial.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s