NÚCLEO DE OSTOMIZADOS JÁ DISPONIBILIZOU MAIS DE 30 MIL BOLSAS DE COLOSTOMIA

“Minha filha é uma guerreira de apenas nove anos. Aqui, mesmo com todas as limitações dela, nós fomos muito bem acolhidas. Hoje ela é acompanhada por nutricionista, psicólogo e vai começar a fisioterapia!”, destacou a professora Thais Souza, 33, moradora de Várzea das Moças e mãe da pequena Mariana da Cruz Silva, uma das mais de 600 pessoas assistidas pelo Núcleo de Ostomizados, em São Gonçalo. Com centenas de consultas realizadas, o equipamento, que atende moradores de São Gonçalo que possuem colostomia/ileostomias/urostomias, é referência no serviço no Estado do Rio.

Aos cinco meses, ainda na barriga da mãe, a pequena Mariana foi diagnosticada com espinha bífida (mielomeningocele), hidrocefalia, bexiga neurogênica e rim único. Desde dezembro de 2019 ela e a mãe, semanalmente, vão ao Núcleo para a realização dos tratamentos.

Com uma equipe multidisciplinar formada por enfermeiro estomaterapeuta, nutricionista, psicóloga, fisioterapeuta e assistentes sociais, o equipamento está sob gestão da enfermeira estomaterapeuta Flávia Medeiros. Ela ressalta que as propostas do serviço são garantir o acolhimento, a autonomia e o cuidado.

“Nosso serviço é aberto a toda população. É importante que as pessoas saibam que realizamos a entrega de bolsas de colostomia e acessórios, encaminhamos para cirurgia de fechamento, após o uso da bolsa, e além disso, durante o tratamento estimulamos a autonomia e o autocuidado. Onde mesmo fora do Núcleo, o paciente poderá realizar seu próprio curativo e levar uma vida de qualidade para além desses muros!”, disse a coordenadora.

O Núcleo já disponibilizou mais de 31 mil bolsas de colostomia e urostomia, e mais de 300 acessórios para cuidados. O aposentado Catarino dos Anjos Carvalho, de 71 anos, vai regularmente realizar a retirada da bolsa. Paciente renal crônico, ele afirma que o acolhimento foi fundamental para que ele continuasse o tratamento na unidade.

“Há oito meses eu havia realizado o tratamento aqui no Núcleo. Além da retirada da bolsa, também faço fisioterapia e hoje eu sinto uma melhora significativa no meu tratamento. Também faço hemodiálise e realizo outros cuidados fora daqui. Mas, aqui no Núcleo, foi onde eu fui muito bem recebido e isso faz toda a diferença durante o tratamento. Um olhar mais humano!”, disse o aposentado.

SERVIÇO

Núcleo de Ostomizados
Avenida Presidente Kennedy, 207, Centro, SG
Funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s