PRIMEIRO HOSPITAL DE CAMPANHA DA REDE ESTADUAL TEM INAUGURAÇÃO ANTECIPADA

Erguido em apenas 19 dias, o hospital de campanha Lagoa-Barra foi inaugurado neste sábado (25/4) pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro. A unidade, que fica ao lado do 23º BPM, no Leblon, na Zona Sul carioca, terá ao todo 200 leitos (100 deles de UTI), que serão abertos ao longo das próximas semanas, e será operado pela Rede D’Or. Inicialmente, serão disponibilizados 30 leitos, sendo 20 de enfermaria e 10 de UTI, para pacientes do SUS infectados pela Covid-19. Os primeiros começam a chegar neste sábado.

Serão atendidos na unidade apenas pacientes encaminhados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) por meio da Central Estadual de Regulação. A unidade funcionará por quatro meses, e todo o investimento é da iniciativa privada. Além do Lagoa-Barra, a SES vai disponibilizar mais 1,8 mil leitos em outras 8 unidades de campanha e uma modular, em Nova Iguaçu.

_ Trabalhamos para aumentar nossa capacidade de atendimento no estado e, em meio a essa crise, foi fundamental contar com o apoio da iniciativa privada. A abertura dos hospitais de campanha vai nos possibilitar diminuir a pressão no nosso sistema de saúde, salvar vidas e, no futuro, permitir que possamos retomar as atividades que hoje estão suspensas – afirmou o governador Wilson Witzel.

O hospital, construído e operado pela Rede D’Or, conta com investimento da Bradesco Seguros, Lojas Americanas, Instituto Brasileiro do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) e Banco Safra. O valor total é de R$ 45 milhões.

– Hoje é um dia muito importante para a saúde pública do nosso estado. A inauguração do hospital de campanha do Leblon é fundamental e ocorre no momento em que as taxas de ocupação na rede estadual crescem rapidamente. Ao longo do próximo mês, outras unidades de campanha serão inauguradas pelo estado – afirmou o secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos.

De forma gradativa e de acordo com o avanço da pandemia, esses hospitais serão abertos em maio na capital, Região Metropolitana e interior. O próximo a ser inaugurado deverá ser o do Maracanã, que terá 400 leitos, 80 deles de UTI, nos primeiros dias do próximo mês.

O hospital Lagoa-Barra contará com tomografia digital, radiologia convencional, aparelhos de ultrassom e ecocardiograma e laboratório de patologia clínica. Até o momento, a secretaria abriu 551 novos leitos exclusivos para tratamento de pacientes suspeitos ou confirmados da Covid em todo o estado. Desse total, 266 são UTIs e 285 enfermarias. Além dessas unidades destinadas, há ainda 137 leitos para o tratamento da Covid em áreas isoladas de outras unidades estaduais.

– Metade dos profissionais de saúde que atuarão no hospital são da Rede D’Or, mas também estamos contratando profissionais. Junto à contratação de profissionais e apoio, higiene e segurança, ultrapassamos a geração de mil empregos – explicou Werner Scheinpflug, diretor do hospital de campanha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s