CONHEÇA COMO FUNCIONAM OS CRITÉRIOS TÉCNICOS PARA REABERTURA DO COMÉRCIO DURANTE A PANDEMIA DA COVID-19

Seguindo critérios técnicos propostos pelo Ministério da Saúde, Organização Mundial da Saúde e a Secretaria de Saúde do Estado do Rio, a Prefeitura de Magé começou há um mês, o processo de flexibilização da economia no município com a reabertura de diversos serviços, além dos essenciais já em funcionamento.

Como funciona essa flexibilização?

“A flexibilização só pode ser feita através do acompanhamento da variação percentual semanal de novos casos, tendo como base as últimas três semanas. Esse estudo é desenvolvido pela Vigilância Epidemiológica Municipal observando também a incidência durante as duas semanas seguidas de novos casos confirmados (positivos)”, explica Daniel da Paz, superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Magé.

Através das avaliações semanais de novos casos, as ações propostas são divididas em níveis de risco: baixo (abaixo dos 20%), moderado (entre 20% e 50%), alto (entre 50% e 100%), muito alto (entre 100% e 150%) e lockdown (acima de 150%).

O município encontra-se no nível moderado. Por isso foi possível iniciar a reabertura dos comércios e a flexibilização da economia, adotando diversas medidas como distanciamento social, retorno parcial das atividades como restrições em nível moderado, além do uso obrigatório de máscara em estabelecimentos públicos ou privados, e divulgação de informações educativas e informativas nos veículos de comunicação e redes sociais. Além da suspensão das aulas em escolas e universidades, com reavaliação mensal.

Quando decretar Lockdown?

Lockdown só poderá ser decretado se o munícipio registrar um aumento de novos casos com nível acima dos 150% em duas semanas consecutivas. Daí será adotado o bloqueio total, permitindo apenas o funcionamento de serviços extremamente essenciais com limite de acesso, e tempo de uso, uma quarentena ainda mais rígida com controle total dos pontos de entrada e saída do município.

O superintendente da Vigilância em Saúde do município, Daniel da Paz, ressalta que o munícipio está em nível moderado em relação aos novos casos. “A Vigilância em Saúde faz um acompanhamento semanal dos novos casos, estamos em nível 2 há duas semanas com 41%, se esse número fosse maior que 150% seria considerado um percentual muito alto. Nesse momento com a flexibilização é importante que a população continue reforçando os hábitos de prevenção a covid-19, para alcançarmos o nível de risco considerado baixo com apenas 20% de novos casos semanais, e assim possibilitar o retorno de mais atividades e ainda maior flexibilização econômica” explicou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s